É fato… | “Nada se faz, tudo se copia.”

É com muito prazer que escrevo mais uma “É fato…”, a coluna que se fala de cidadania, política, mundo e tudo que engloba nossa vidinha do dia-a-dia.

Veja um texto com uma observação que fiz, sem nem sair da frente da TV, na continuação do post.

Para esse texto, estava eu assistindo TV, preguiçoso que sou, vendo aqueles especiais intermináveis sobre Michael Jackson, quando paro na MTV Brasil, a emissora musical, a emissora pobre, a emissora que reinventa. Estava na transmissão um documentário chamado “Michael Jackson e suas influências…”. Chegou uma parte em que Chris Brown (sim, aquele cara que brincou de luta-livre com sua namorada…) falou que MJ foi sua maior influência.

Aí passou aquele clip do próprio Brown, chamado “Wall To Wall“, que segundo Wikipedia, é um dos seus maiores sucessos, além de ser um dos seus singles, do album Exclusive.

Bom, como não tinha nada para fazer no momento, assisti o clip, mesmo sem gostar do artista.

Bom, para você que odeia esse tipo de música, assista pelo menos os 30 segundos do começo.

Vimos o artista (Brown) com uma blusa vermelha, com uma letra “C” (de Chris, aparentemente), num conversível, e uma garota-vampira aparece…

Ok… Mas até aí o que há de errado ? Agora peço humildemente para que relembre o clip Thriller, também no início.

Vimos o artista (MJ) com uma blusa vermelha, com uma letra “M” (de Michael, aparentemente), num conversível, e uma garota. Mas quem se tranforma num monstro é o próprio Michael…

Diante de tudo isto, eu não sei se fizeram isso para homenagear (ou ridicularizar) o pequeno Mike, ou se fizeram para relembrar o clip mais visto do mundo, ou se foi mesmo uma puta falta de criatividade…

Bom, mas o texto não termina aqui, neste mesmo “”Michael Jackson e suas influências…”, o guitarrista de uma banda chamada Fall Out Boy, fala sobre MJ e também sobre a regravação do “Beat It”, deixando de lado a batida Pop, e incluindo mais guitarra, baixo e bateria.

E agora Danillo, qual é seu comentário sem noção sobre ? Primeiramente, a Beat It é uma grande música, e já é perfeita na batida pop, ficou muito escroto desta forma. Minha outra questão é sobre aqueles caras imitando MJ na cara dura, e manchando a imagem do Rei do Pop…

Para finalizar este meu texto maravilhoso (ou idiota), deixo outra regravação de MJ, já esta por Mariah Carey, intrepretando I’ll Be There, esta que foi bem feita ao meu olhar…

Como diria os avós dos meus avós: “Nada se faz, tudo se copia.”

@hardcoredanillo

Sobre Danillo Lima
Diretamente do caos estilizado de São Paulo, este é o fundador do WWE Aki!. Já fez de crônicas à biografias. Hoje, dá mais atenção à administração em geral, o Booking e sua coluna É fato.... É uma "lenda" do WWE Aki!, pois foi consagrado Hall of Famer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: